Variabilidade genética em progênies de guapuruvu Schizolobium parahyba

  • Descripción del artículo
  • O guapuruvu é uma espécie pioneira de rápido crescimento da família Leguminosae de grande importância em projetos de restauração. O objetivo do estudo foi verificar a variabilidade genética de progênies de Schizolobium parahyba da região de Botucatu/SP, por meio de parâmetros genéticos quantitativos...

    Full description

Main Author: Silva Chinelato, Fernanda Carolina
Other Authors: Bueno de Moraes, Cristiano, Carignato, André, Vagner Tambarussi, Evandro, Zimback, Leo, Camacho Palomino, Edwin, Seizo Mori, Edson
Format: Artículo
Language: spa
Published: 2014
Subjects:
Online Access: http://revistas.unitru.edu.pe/index.php/scientiaagrop/article/view/576
Summary:O guapuruvu é uma espécie pioneira de rápido crescimento da família Leguminosae de grande importância em projetos de restauração. O objetivo do estudo foi verificar a variabilidade genética de progênies de Schizolobium parahyba da região de Botucatu/SP, por meio de parâmetros genéticos quantitativos. O teste de progênies foi instalado no delineamento experimental em blocos casualizados, três repetições, quatro plantas por parcelas e 60 progênies. Foram avaliados os caracteres: altura de plantas (ALT) e diâmetro á altura do peito (DAP) nas idades de 2, 7, 14, 20 e 66 meses e a porcentagem de sobrevivência, aos 66 meses, transformada em log (x+10). Para as estimativas dos parâmetros genéticos, os dados coletados foram analisados pelo software SELEGEN. Os coeficientes de variação genética individual (CVgi %), variação genotípica entre progênies (CVgp %) e variação relativa (CVr), apresentaram estimativas que demonstram uma variabilidade genética restrita e muito influenciada pelo ambiente. Os coeficientes de herdabilidade ao nível individual (ĥa2) foram maiores para altura (0,318, 0,012, 0,247, 0,390 e 0,012) em relação ao DAP (0,021, 0,024 e 0,015) aos 14, 20 e 66 meses, respectivamente. As correlações genotípicas no geral foram altas entre os caracteres ALT e DAP. A maior correlação genética entre os caracteres DAP e ALT de plantas ocorreu entre a idade 14 meses (0,85). As progênies estudadas, apesar de não mostrarem significativa variabilidade genética, são potenciais para se dar início a programas de melhoramento e conservação genética.

Nota importante:
La información contenida en este registro es de entera responsabilidad de la institución que gestiona el repositorio institucional donde esta contenido este documento o set de datos. El CONCYTEC no se hace responsable por los contenidos (publicaciones y/o datos) accesibles a través del Repositorio Nacional Digital de Ciencia, Tecnología e Innovación de Acceso Abierto (ALICIA).